“O artista que você é e a arte que você faz” – autodescoberta e o processo criativo conjugado no presente

serge-attukwei-clottey-awaiting-europe-in-the-eyes-of-africa-series-2013-gallery-1957-accra-1©Serge Attukwei Clottey

Três dias intensos de mergulho prático e crítico, a toda pessoa interessada em desenvolver ou recuperar seu processo criativo. 

Todos nascemos com o impulso da criatividade sem limites porém, já nos primeiros anos de vida nossa capacidade de inventar, criar, problematizar vai sendo tolhida pela sociedade, pelo sistema educacional padronizado e até pela nossa família no decorrer da vida. Essa repressão é necessária para nossa adequação à cultura e convívio comum, no entanto também nos cobra um preço grande pago pela homogenização e conformismo de noções e ideias. Esse preço é pago sempre que precisamos ser criativos e somos contidos, até subconscientemente, por autocríticas ou pela crença falsa de que não somos criativos.

Se hoje você é cobrado(a) para ser criativo mas tem uma enorme dificuldade em lidar com essa cobrança, ou se cria mas tem vergonha de mostrar o que faz por medo das críticas, ou é um profissional que trabalha criativamente mas muitas vezes empaca ou perde a mão etc, saiba que muitas dessas dificuldades derivam da sua formação de base, da relação com os outros e da percepção sobre você mesmo(a).

Aproveitando o feriadão de Carnaval (sábado, domingo e segunda-feira), o workshop “O artista que você é e a arte que você faz”, criado e ministrado pela artista visual e educadora Carolina Paz, é um tratamento intensivo de três dias onde você acessará outras lentes e instrumentos que permitirão você iniciar, recuperar ou amadurecer sua capacidade criativa.

Mais do que conceitos, que estão presentes e são importantes mas não nos levam muito além de um processo exclusivamente racional e analítico, teremos muitas e intensas atividades práticas e é com base nelas que todos serão provocados e estimulados a não só operar racionalmente mas partir para ação usando todas suas inteligências de forma crítica e problematizadora. Sendo “crítica e problematizadora” no sentido de uma vivência consciente, presente, lúcida e aberta e não limitadora e controladora. .

Dias 25, 26 e 27 de fevereiro
Modalidade Presencial – os encontros ocorrerão na Casa Nubam. Endereço: Rua Fidalga, 958, Vila Madalena, São Paulo, SP.

Carga horária total: 32 horas
Público alvo: artistas e interessados em processo criativo
Pré-requisitos: desejar iniciar, recuperar ou aprofundar sua atividade de criação
Material necessário: caderno, lápis ou caneta ou tintas etc (traga ou comece seu diário, livro de artista ou sketchbook para usar durante todo o workshop). Você poderá produzir no ateliê, porém em pequeno formato (usando seus materiais e que não sejam tóxicos – que atrapalhem a presença dos outros participantes) ou digital (no seu computador). O ateliê tem wi-fi.
Venha com roupas confortáveis. .

O PROGRAMA

Sábado (das 10 às 22 horas)
Manhã – início 10 horas
. O artista que você é e a arte que você faz: uma breve apresentação do workshop (entrega de conteúdos para estudo)
. Autoconhecimento: o eu e o ego

Intervalo de uma hora de almoço

Tarde – início 14 horas
. Vivendo o presente: ser, estar e silenciar. A escrita manual: escrever, anotar, desenhar, esboçar é fundamental
. Prática de escrita
. Discussão

Intervalo para lanche ou jantar

Noite – início 19 horas
. O que é o processo criativo e o que esperar dele
. Postura, comportamento, preparo e a busca por problemas
. Explicação para a primeira prática do dia seguinte (na rua)

Domingo (das 10 às 22 horas)
Manhã – início 10 horas
. Início das atividades na Vila Madalena: manhã de descobertas, mapeamento e criação
. Prática de campo

Intervalo de uma hora de almoço

Tarde – início 14 horas
. Discussão sobre a atividade da manhã
. A imaginação sobre a experiência (organizando coletas, derivas, trajetos)
. Prática de ateliê (produção) ou escrita (se necessário o participante pode voltar à rua para mais pesquisa)

Intervalo para lanche ou jantar

Noite – início 19 horas
. O processo criativo: interesses, pesquisa, aprofundamento
. Discussão sobre as leituras fornecidas na abertura das atividades

Segunda (das 10 às 18 horas)
Manhã – início 10 horas
. Prática de ateliê (produção) ou escrita (se necessário o participante pode voltar à rua para mais pesquisa)

Intervalo de uma hora de almoço

Tarde – início 14 horas
. Prática final dede ateliê (produção) ou escrita (se necessário o participante pode voltar à rua para mais pesquisa)
. Discussão e celebração

OBS: caso chova, as atividades de campo, serão transferidas para um outro lugar fechado (a escolha deste será debatida no grupo).

Inscrições ENCERRADAS.

Sobre a ministrante:
Carolina Paz (São Paulo, 1976) é artista visual e socióloga formada pela Universidade Federal de Santa Catarina (gradução e mestrado). Atua em arte e educação desde 2004.

Observações importantes:
1- Poderão ocorrer alterações em algumas datas por motivos de força maior. Essas serão avisadas com a máxima antecedência possível e negociadas devidas reposições.
2- Ajustes de conteúdo que ocorrem serão devidos adequação do mesmo à turma segundo determinação dos professores para melhor andamento dos cursos.
3- Qualquer desistência deve ser avisada com pelo menos um mês de antecedência caso contrário cobranças ocorrerão normalmente.
4- Todo conteúdo é de propriedade intelectual dos professores. Sua reprodução e circulação sem autorização é proibida.
5- O pagamento da inscrição implica em pleno entendimento e aceite de todos os termos aqui publicados.